Deputados protagonizaram bate-boca incivilizado na Assembleia Legislativa

Logo na primeira Sessão Ordinária da 19º Legislatura da Assembleia Legislativa do Maranhão, os deputados César Pires(PV) e Duarte Júnior(PCdoB), protagonizaram uma cena de bate-boca no mínimo incivilizado para o atual momento político em que vivemos.

Tudo começou por que Pires, um dos parlamentares mais experientes da Casa, usando à tribuna durante o grande expediente disse: “Senhores eu quero dizer a vocês que, na verdade, os meus propósitos aqui são de despertar vocês para um novo momento em que estamos vivendo. Eu confesso que é preciso, V.Exas. que estão entrando não acompanharem as lengalengas antigas, observarem bem do que estão fazendo, do que estão votando. Vi agora o Governo dizer que vai de novo aumentar os impostos! E como será o comportamento daqueles que defendem o consumidor aqui? Defende o consumidor de televisão, de rádio, ou defende o consumidor de fato? Porque se defender de fato vai ter que se posicionar contra, ou então não é consumidor. Aqueles que defendem a agricultura familiar vão ter que defender a agricultura familiar. Ou não vão ter que defender a agricultura familiar? Os que são contra as questões dos roubos a banco ou do segmento de consumo têm que se posicionar! Ou vai continuar submisso em relação a isso? “, declarou.

Pronto! Foi como jogar gasolina no fogo! Duarte Júnior, imaturamente, vestiu a carapuça, pediu um aparte, e revide:” não posso me calar no momento em que o senhor usa a tribuna e fala de defesa somente na televisão, somente na rádio, uma defesa fake do consumidor. Quando na verdade o senhor vai se lembrar que no dia 10 de maio de 2018, quando eu estava fiscalizando o supermercado Jumbinho de sua prima, que fica lá no Bequimão, onde nós encontramos uma série de produtos fora da validade, uma série de produtos que desrespeitam as normas de defesa do consumidor. O senhor me ligou. E, de forma truculenta, o senhor queria paralisar as fiscalizações. E eu disse ao senhor que, com todo o respeito que eu tenho ao senhor, eu não ia deixar de fiscalizar. Isso, Deputado César Pires, é uma defesa concreta do Direito do Consumidor”, acusou Duarte.

César Pires por sua vez  esclareceu: ” Mas eu quero dizer a Vossa Excelência que, primeiro, ela não é minha prima. E eu ligo sempre que for instado por qualquer tipo de pessoa que se sinta prejudicada me pedir pra fazer intervenção. Como fiscal e defensor do povo é minha obrigação e de qualquer outro político que verdadeiramente represente o povo”, desabafou Pires.

E, o bate-boca de baixíssimo nível entre os dois parlamentares, tomou conta do Plenário…

Seja como for,e, sem querer tomar partido, acreditamos que os deputados com tantos temas com o foco voltado para o desenvolvimento do Maranhão,e, consequentemente, voltados para a melhoria na qualidade de vida da população, deram um pessimismo exemplo com esse bate-boca provinciano.

 

 

 

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*