Causa e consequências da desigualdade social no Brasil.

Temos como causa essencial da desigualdade social no Brasil: a má distribuição de renda, que, por sua vez, gera outras causas, tais como:
— Falta de acesso à educação de qualidade;
— Política fiscal injusta;
— Baixos salários;
— Dificuldade de acesso aos serviços básicos: saúde, transporte público e saneamento básico.
Como consequências inevitáveis desse quadro, surgem no cenário urbano:
— Favelização;
— Pobreza;
— Miséria;
— Desemprego;
— Desnutrição;
— Marginalização;
— Violência.
Apesar, da desigualdade social ter diminuído nos últimos anos, sobretudo em decorrência das transferências dos programas sociais, com destaque para o Bolsa Família, responsável por 13% da redução da desigualdade social no país, a situação ainda é crítica.
Segundo, dados da ONU, estima-se que 16 milhões de pessoas ainda permaneçam na pobreza extrema.
Esse quadro tem levado o Brasil a figurar em oitavo lugar como o país de maior índice de desigualdade social e econômica do mundo.
Para reverter essa dura realidade social de milhões de brasileiros, estudiosos da área social, propõem, com urgência, aliar democracia com eficiência econômica e justiça social.
Fica aí a dica para nossos governantes

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário